top of page
  • Foto do escritorMaginna Studio

Empreendedorismo Feminino: 5 filmes e séries sobre mulheres incríveis pra você assistir



De acordo com o SEBRAE, atualmente existem 24 milhões de empreendedoras pelo país que, mesmo tendo um nível de escolaridade superior aos homens, ainda ganham 22% menos que eles.


No post de hoje vamos indicar 5 filmes e séries para inspirar e homenagear todas as mulheres que, assim como nós, conduzem o próprio negócio e escrevem a própria história.


A Vida e a História de Madam C.J. Walker (2020)



A minissérie da Netflix conta a história de Sarah Breedlove, primeira empreendedora dos Estados Unidos a se tornar milionária por conta própria!


Filha de escravos, Madam C. J. Walker (Octavia Spencer) foi a primeira dos irmãos a nascer livre e trabalhou como lavadeira durante grande parte de sua vida. No começo da série, ela se encontra em um relacionamento abusivo, vítima de violência doméstica, trabalhando muito e ganhando quase nada. Com tudo isso acontecendo, seu cabelo começa a cair e sua autoestima é severamente abalada.


Com a ajuda de Addie Monroe (atriz), dona de um negócio local de cosméticos restauradores de cabelos, Sarah reconstrói seus fios e gosta tanto da ideia que se oferece para ser uma das vendedoras dos produtos. Addie discorda, afirmando que ela não possui a "aparência ideal" para isso, o que faz com que Madam comece a testar suas próprias fórmulas para, mais tarde, abrir uma empresa no ramo e revolucionar o mercado.



GIRLBOSS (2017)



GirlBoss é uma série baseada na biografia de Sophia Amoruso, criadora do que é, atualmente, um dos maiores e-commerces de roupas e acessórios do mundo: a Nasty Gal.


A série narra sua trajetória tentando descobrir como "crescer sem se tornar uma adulta chata". Ela não para em nenhum emprego e não se encaixa em nenhum padrão social, chegando a furtar para sobreviver em alguns pontos de sua vida. Quando descobre o eBay, plataforma onde pode vender as roupas que garimpa e ganhar dinheiro com algo que gosta, começa a investir nisso.


Sua loja logo se destaca na plataforma, pois ela consegue transformar as peças em verdadeiros objetos de desejo para seu público, que se identifica com a marca que ela sequer sabia que estava criando. Mais tarde, Sophia (Britt Robertson) inaugura o próprio site e dá vida, oficialmente, à Nasty Gal.



Joy: O Nome do Sucesso (2015)



Joy é um filme baseado na história da empreendedora Joy Mangano, interpretada por Jennifer Lawrence e conhecida por seus produtos inovadores.


O enredo retrata sua trajetória enquanto mãe divorciada, responsável por administrar uma família conturbada e cheia de problemas financeiros. Desde criança, Joy apresentava ideias fascinantes e, na trama, ela inventa um novo e prático esfregão que pode ser torcido sem contato, e resolve investir nesse projeto. O filme segue, então, sua jornada tentando divulgar e vender sua ideia, atrás de alguém que acredite no produto.



Um Senhor Estagiário (2015)



Um Senhor Estagiário é um filme de comédia que conta a história de Ben Whittaker (Robert De Niro), um senhor aposentado que deseja retornar ao mercado de trabalho. Assim, ele encontra um programa de estágio em um e-commerce de roupas em ascensão, liderado por Jules Ostin (Anne Hathaway).


A trama apresenta os desafios da jovem empreendedora, que construiu um verdadeiro império online, além do conflito entre gerações e a amizade estabelecida entre os personagens principais ao longo do filme. Apesar de ficar insegura com a possibilidade de um idoso ajudá-la realizando tarefas quase sempre digitais, Ben conquista a confiança e a admiração de Jules e se torna um membro essencial da equipe.



Homecoming (2019)



Homecoming é o documentário da Netflix sobre o show de Beyoncé no Coachella 2018, um dos maiores feitos artísticos da década que prova, mais uma vez, que a cantora é uma das maiores vozes de sua geração.


Em cerca de 20 anos de festival, Beyoncé foi a primeira cantora negra a se apresentar como atração principal; ela faz história e faz questão de trazer a cultura do povo preto e o empoderamento feminino para os palcos.


O filme é fascinante tanto para fãs de longa data quanto para quem apenas aprecia seu talento. Em meio às partes do espetáculo, há cenas do processo de construção do show, como bastidores, ensaios e entrevistas, além de momentos íntimos e sensíveis da cantora.



Curtiu o conteúdo? Já assistiu algum desses?


Não se esqueça de compartilhar se você gostou e de acompanhar a gente no Instagram, estamos sempre por lá.


Até o próximo post! 🤠

78 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page